1 de maio de 2013

Liga da Justiça & Vingadores - Crítica


Unir heróis de universos diferentes numa mesma história sempre tem um apelo enorme. Imagine então quando são as maiores equipes de super-humanos das duas maiores editoras de quadrinhos estadunidenses. 

A proposta, muito interessante, é aplicada na minissérie em 4 edições Liga da Justiça & Vingadores (2003) escrita por Kurt Busiek e desenhada pelo famoso George Pérez. 

Diante do desafio de reunir os principais personagens de duas empresas "rivais", Busiek opta por homenagear os universos distintos através de uma narrativa que valoriza detalhes, referências e, como é obrigatório, muita porrada entre heróis. 

A grande qualidade da história reside, porém, nesse cuidado especial com pequenos fatos, inseridos justamente para causar a sensação de reconhecimento nos fãs. Com isso a proposta não funciona tanto para os mais leigos.

Agora deixando de lado estas bem-sucedidas homenagens, a narrativa é somente razoável. O argumento que gera o conflito não é empolgante, a profusão de heróis não provoca envolvimento e os acontecimentos que estão ali presentes só convencem como ferramenta de roteiro. 

Não é que a história seja ruim, mas também está longe de ser carismática por si só. A ideia realmente é não desagradar os fãs (tarefa difícil) e tentando fazer isso Busiek não consegue realizar uma trama de grandes qualidades.

Por outro lado, os desenhos são bons. Representar tantos personagens simultaneamente em cenas de ação é muito complicado, mas Pérez consegue fazer isso com grande habilidade ao criar belas cenas de interação entre os heróis. Assim, diversos quadros onde as equipes se encontram acabam empolgando apenas pela arte. 

No todo, Liga da Justiça & Vingadores tem um grande valor enquanto item de colecionador e por isso pode e deve frequentar a estante (ou HD) de qualquer fã do gênero. Mesmo que não tenha lá grandes méritos enquanto história, o desenho e as homenagens traduzidas em referências fazem da HQ uma leitura recomendável. 




2 de 5 (Regular)




E aí o que achou? Comente abaixo para falar comigo ou use o e-mail:
 ewerton@leialiteratura.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)