7 de setembro de 2012

Toda Sua (Sylvia Day) - Primeiras Impressões

O interesse por livros eróticos simplistas parece estar crescendo, sobretudo considerando-se o fenômeno de vendas Cinquenta Tons de Cinza.

Seguindo este mesmo "subgênero" temos Toda Sua que já
deixa claro no primeiro capítulo (confira também clicando aqui) a sua intenção: misturar altas doses de uma protagonista estupefata diante de homens "fulminantemente atraentes" com um estilo de escrever somente descritivo e sem qualquer identidade própria. 

A sensação que tive foi estar lendo um livro da clássica série Julia (voltada para mulheres adolescentes). Resolvi então procurar, só por desencargo de consciência, se a autora já tinha algum livro publicado pela coleção... E não é que tinha mesmo, olha a capa aqui.

Assim, Toda Sua é bem aquilo que se espera, ou seja, um livro genérico sem muita identidade cujo grande chamariz é o romance entre um homem idealizado e uma mulher embasbacada; mas sem deixar de ser atraente. 

Seria interessante que ao menos houvesse algo para particularizar a obra, mas a única e mínima peculiaridade que pude perceber neste primeiro capítulo foi o apelo sexual aparecendo sem muitas preliminares (com o perdão do trocadilho).

Recomendo para Quem:

-É mulher
-Gosta da série Julia
-Não se importa com cuidado no estilo
-Quer ler algo que não exija maiores reflexões

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)