6 de setembro de 2012

Imagine Liga da Justiça de Stan Lee - Crítica / Resenha

Editora Abril

A ideia de Imagine Liga da Justiça é muito interessante, afinal de contas é sempre bom visualizar alguns personagens clássicos aos olhos de outros autores. Melhor ainda é Stan Lee, criador de grande parte do universo Marvel como conhecemos hoje, recriando os maiores heróis da DC Comics. 

Assim, a HQ traz como grande chamariz justamente a proposta conquistando o leitor pelas diferenças que o famoso quadrinista impõe em Lanterna Verde, Super-Homem, Batman, Flash e Mulher-Maravilha. 

As opiniões a respeito dos heróis DC remodelados certamente irá variar muito conforme o leitor, mas posso afirmar de forma geral que são concepções no mínimo interessantes ainda que não muito brilhantes.

Agora o quadrinho realmente decepciona quando o assunto é a história. Stan Lee não parece preocupado em criar uma trama atraente por si, abusando de uma narrativa genérica, corrida e superficial que ainda assim se demora em várias daquelas explicações desnecessárias, típicas das HQs de super-heróis quando subestimam a inteligência do leitor. 

Já o traço de Jerry Ordway também não impressiona, mas em compensação consegue ser competente o suficiente para representar as cenas com credibilidade. Eu mesmo não notei problema que causasse significativo incômodo. 

De forma geral, Imagine Liga da Justiça é a típica história com apenas um objetivo que neste caso é fazer Stan Lee recriar os maiores heróis DC. No mais, a edição não possui qualquer mérito narrativo, sendo completamente dispensável àqueles que estão interessados acima de tudo em uma boa trama. 

Se você é colecionador e/ou fã, porém, a HQ certamente terá um bom papel na sua estante pelo seu apelo curioso e até moderadamente divertido, se a leitura estiver centrada nas comparações entre os heróis originais e as "versões Lee". 



2 de 5 (Regular / Fraco)








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)