25 de setembro de 2012

A Dança dos Dragões (George R. R. Martin) - Primeiras Impressões

É sempre interessante notar como os meus amigos olham incrédulos para as mais de 800 páginas de um livro como A Dança dos Dragões; todos eles muito surpresos como o fato de eu estar disposto a encarar um calhamaço quase tão grosso quanto uma Bíblia.

Evidentemente, eles não conhecem a habilidade de George R. R. Martin em confeccionar histórias interessantíssimas repletas de detalhes e personagens cativantes.

Por enquanto (já passei as 150 páginas lidas) A Dança dos Dragões não decepciona retomando com a habilidade de sempre as narrativas a respeito dos personagens não apresentados em O Festim dos Corvos

O ritmo inicial é realmente mais lento não contendo grandes acontecimentos arrebatadores, entretanto isso é muito natural diante da "melancolia pós-guerra" que a obra se preocupa em retratar. 

Como todos já esperavam, George R. R. Martin (felizmente) continua mantendo a qualidade da sua realista obra-prima com toques de fantasia.

Recomendo para:

- Apreciadores de boa literatura dispostos a ler muito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)