30 de agosto de 2012

The Walking Dead #100 (Image Comics) - Crítica / Resenha


Antes de ler a crítica abaixo sobre a edição 100, você pode conferir nossa opinião sobre a série como um todo clicando aqui.

É difícil avaliar uma HQ de linha considerando que sua história é apenas uma pequena parte de um todo, mas tive de abrir exceção para a centésima edição de The Walking Dead; minha série de quadrinhos predileta na atualidade.

Recorde de vendas, este número respeita fielmente a ideia de continuidade prosseguindo com a trama onde Rick e seu bando estão de olho em um novo povoado; ao mesmo tempo que paira a ameaça do temível vilão Negan.

Todo fã esperava que nesta edição ocorresse algum daqueles fatos extremamente impactantes e violentos que já viraram marca registrada da obra; Kirkman, felizmente, não decepciona. 

The Walking Dead #100 realmente traz o acontecimento forte que marca a mudança para uma nova perspectiva da história, onde Rick e seus amigos ocuparão uma posição bem complicada (e interessante) diga-se de passagem. 

Assim, a HQ se destaca justamente por não tentar fugir de seu padrão apresentado quase tudo que o leitor poderia esperar de uma edição da série: cenas fortes, realismo, drama, expectativa....

Entretanto, ela não consegue ser exatamente surpreendente como em outras ocasiões, já que não é difícil prever o que vai ocorrer até o final da história. Agora seria uma dificuldade realmente complicada de contornar, considerando que todos os leitores já tem a certeza do acontecimento impactante  (muito embora não saibam qual será) antes de ler o quadrinho.

Assim, The Walking Dead #100 certamente não é o auge do que a série pode propiciar, mas funciona muito bem no contexto da grande saga ao representar com competência um momento de mudanças significativas através do padrão "Kirkman e Adlard" de qualidade. 


4 de 5 (Muito Bom)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)