27 de abril de 2012

DC + Aventura 6 - Crítica / Resenha

Panini / Fevereiro de 2012

Como desperdiçar uma ótima oportunidade de recontar grandes histórias através de narrativas dispensáveis? A Panini está ensinando isto com a série DC + Aventura que número  a número preenche suas pouco mais de 20 páginas de conteúdo sem qualquer brilho.

Nesta edição temos a história Pupilo; escrita pelo experiente Jeph Loeb ela traz Robin e Superboy como protagonistas de um argumento sobre aprendizes e legado. A dupla que teoricamente seria herdeira dos dois maiores heróis da DC (se eles por acaso morressem algum dia, o que não acontece) tentará convencer um garoto de 13 anos ("gênio" para variar) a usar suas habilidades como criador de maquinários tecnológicos como assistente do Batman e não em prol da criminalidade.

A criança se vê como herdeiro do clássico vilão Homem dos Brinquedos deixando ainda mais evidente esta ideia de herança que Loeb parece querer passar. Parece pois a narrativa em si não chega a lugar algum em sua superficialidade. 

Os clichês sim comandam com várias situações que você já leu, viu ou ouviu em vários outros contextos. Aliás o trio de personagens principais exemplifica isso muito bem. Robin faz o gênero prudente e sagaz, Superboy é a imagem do "bate primeiro conversa depois" e o antagonista pré-adolescente é metido a sabichão, se acha a última amora do pé e tem QI elevado (galera das HQs, QI já deixou de ser sinônimo de inteligência há anos).

A trama em si não se aprofunda em nada em momento nenhum. Só há ação, diálogos fúteis e um final que parece completamente forçado e sem sentido. Não digo do que se trata este fim em razão dos spoilers, mas não espere que ele seja justificado na história.

A parte boa fica mesmo para os desenhos de Pat Lee que, apesar de não serem brilhantes, mostram um estilo próprio bastante sombreado que é competente e agradável; exceto em alguns trechos incômodos em termos de realismo como o Super-Homem segurando o vilão na página 23.

De forma geral, DC + Aventura 6 é mais uma HQ que traz história completamente dispensável. Não chega a ser horrível mas nada tem de realmente bom que faça de sua compra um negócio recomendável, a não ser é claro o preço de 2 reais.

Mais DC + Aventura:




1 de 5  (Ruim)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)