21 de março de 2012

A Tormenta de Espadas (As Crônicas de Gelo e Fogo 3 - George R. R. Martin) - Crítica / Resenha

Editora Leya / Brasil

Sinopse
Os Sete Reinos estremecem quando os temíveis selvagens do lado de lá da Muralha se aproximam, numa maré interminável de homens, gigantes e terríveis bestas. Jon Snow, o Bastardo de Winterfell, encontra-se entre eles, debatendo-se com a sua consciência e o papel que é forçado a desempenhar. Todo o território continua a ferro e fogo. Robb Stark, o Jovem Lobo, vence todas as suas batalhas, mas será ele capaz de vencer as mais subtis, que não se travam pela espada? 
A sua irmã Arya continua em fuga e procura chegar a Correrrio, mas mesmo alguém tão desembaraçado como ela terá dificuldade em ultrapassar os obstáculos que se aproximam. Na corte de Joffrey, em Porto Real, Tyrion luta pela vida, depois de ter sido gravemente ferido na Batalha da Água Negra, e Sansa, livre do compromisso com o rapaz cruel que ocupa o Trono de Ferro, tem de lidar com as consequências de ser segunda na linha de sucessão de Winterfell, uma vez que Bran e Rickon se julgam mortos. No Leste, Daenerys Targaryen navega na direcção das terras da sua infância, mas antes terá de aportar às cidades dos esclavagistas, que despreza. Mas a menina indefesa transformou-se numa mulher poderosa. Quem sabe quanto tempo falta para se transformar numa conquistadora impiedosa? O bafo cruel e impiedoso do Inverno já se sente. Quando Jon Snow consegue regressar à Muralha, perseguido pelos antigos companheiros do Povo Livre, não sabe o que irá encontrar nem como será recebido pelos seus irmãos da Patrulha da Noite. Só tem uma certeza: há coisas bem piores do que a hoste de selvagens a aproximarem-se pela floresta assombrada.
Fonte: http://www.sinopses.leialiteratura.com/2011/06/tormenta-de-espadas-as-cronicas-de-gelo.html 


Antes de falar qualquer coisa sobre este livro é sempre vital deixar claro que ele segue e muito o padrão uniforme da saga As Crônicas de Gelo e Fogo. Portanto, para conhecer melhor a série leia nossas críticas de A Guerra dos Tronos e A Fúria dos Reis.

A Tormenta de Espadas é sem nenhuma dúvida parte de uma grande narrativa mas consegue imprimir uma sensação diferente do livro que o antecedeu e já adianto que positiva pois a obra privilegia os pontos fortes do escritor.

Como eu já comentei nas resenhas anteriores a respeito de As Crônicas de Gelo e Fogo, Martin é um ótimo criador de histórias e conflitos diplomáticos mas sempre demonstrou uma certa fraqueza na descrição de combates em guerra. Neste novo título isso quase não incomoda pois é centrado justamente onde o autor se sai muito bem e o resultado, como era de esperar, fica igualmente muito bom.

Cada personagem vai relatando suas vidas tão interessantes quanto diferentes e complementares que vão chamando a atenção do leitor. É difícil não se ver interessado pelas tramas em paralelo pois realmente são 800 páginas de muitos acontecimentos atrativos e  importantes que no final culminam em um bom número de mortes de pessoas que certamente eram queridas de muitos.

No mais, o livro continua trazendo a habilidade de Martin para escrever uma narrativa excelente e realmente bem contada demonstrando porque a caracterização de épico é perfeitamente bem empregada tratando-se de As Crônicas de Gelo e Fogo.

A Tormenta de Espadas é sim uma excelente leitura onde mesmo as 8 centenas de páginas muito mais agradam que afugentam devido a trama muito bem desenvolvida e divertida. É simplesmente Martin no melhor que ele pode mostrar até agora nesta série de pouquíssimos defeitos e diversas qualidades.

Se este volume não for o melhor até o momento ele ao menos está de igual para igual com A Guerra dos Tronos contendo todos os elementos que consagraram esta excelente saga. Uma ótima pedida para os apreciadores da boa literatura fantástica de forma geral que satisfaz muito bem também às expectativas dos fãs em todas as suas exigências qualitativas.


4 de 5 (Muito Bom)



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)