19 de janeiro de 2012

Presos Ganham Redução de Pena Por Ler Livros Como Crepúsculo e O Pequeno Príncipe

Foto: Folha de São Paulo

Será implementado ainda no primeiro semestre deste ano, em presídios federais de todo o Brasil, um programa que disponibilizará livros cuja leitura será convertida em redução de pena. Entre os títulos há desde clássicos como O Pequeno Príncipe (que fofo) e Crime e Castigo até obras mais modernas como Crepúsculo e O Código da Vinci.

Em algumas penitenciárias, porém, o projeto já está sendo posto em prática. No Paraná (Catanduvas), por exemplo, o condenado ganha 4 dias de liberdade se conseguir ler e apresentar a resenha de um livro no período de 12 dias. E mais, se a avaliação da obra for considerada de boa qualidade por uma comissão ganha-se um dia adicional.

Já na Penitenciária Federal de Campo Grande no Mato Grosso do Sul são 3 dias de redução de pena para o detento que ler e resenhar um livro em até 20 dias.

O chefe de tráfico Fernandinho Beira-mar que já passou por ambos os presídios é considerado um dos leitores mais ávidos, tendo lido obras como O Caçador de Pipas, O Código da Vinci e Arte da Guerra de Sun Tzu. Agora em Mossoró no Rio Grande do Norte, ele está entre o grupo predominante de presos que leem 5 livros por semana em média enquanto no Brasil como um todo a taxa de leitura é de 1,3 por ano. Números que são fruto da junção entre estímulo e tempo livre.

Com informações de Folha de São Paulo e DN Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)