21 de janeiro de 2012

Os Livros Mais Vendidos da Semana - 25 de Janeiro de 2012


A novidade desta semana ficou por conta do livro Silêncio que motivado por seus fãs e auxiliado pela cobertura forte da mídia especializada (incluindo nós) superou a obra de Jô Soares e assumiu a primeira posição em sua estreia.

Abaixo você poderá ler maiores detalhes sobre os "vencedores", para os livros mais vendidos da semana referente ao dia 18 de janeiro clique aqui.


Ficção: Silêncio (Becca Fritzpatrick)


O livro Silêncio conseguiu a primeira posição em sua semana de lançamento superando assim o best-seller de Jô Soares que havia se mantido constante na liderança por bom número de semanas.

A obra é o terceiro volume da série Sussurro (terá 4 ao todo) que conta a história cheia de confrontos e aventuras do romance entre um anjo e uma humana. 

Em segundo lugar aparece As Esganadas que ainda continua forte com sua história de um assassino de mulheres gordas. Já em terceiro aparece Um Dia de David Nicholls, livro sobre o drama romântico de um casal ao longo de anos, mas sempre contando apenas um dia a cada uma destas translações.


Mais sobre Silêncio:



Não Ficção: A Privataria Tucana (Amaury Ribeiro Jr.)


Polêmicas são boas para vender livros e a obra de Amaury Ribeiro Jr. está cheia delas. E não são discussões fúteis pois supostamente comprovam os benefícios ilícitos que membros do PSDB teriam apurado com as privatizações durante o mandato de Fernando Henrique Cardoso.

O livro foi líder por todo o mês de janeiro na lista da Veja, revista que é favorável aos tucanos como se sabe.

Nesta categoria não existem mudanças entre os três primeiros com as biografias Steve Jobs de Walter Isaacson ocupando a segunda posição e  O Livro do Boni a terceira.


Mais sobre o livo:



Autoajuda e Esoterismo: O X da Questão (Eike Batista)


Como já se não bastasse a exposição no programa Fantástico da Rede Globo, o milionário Eike Batista estampou a capa da revista Veja do último dia 18 como o político chinês Deng Xiaoping; responsável por implementar profundas reformas no país criando o socialismo de mercado que permitiu a adoção de práticas capitalistas em um governo ditatorial e teoricamente socialista. O resultado foi um país fechado que se tornou a segunda maior economia do mundo.

A alusão comparativa se deveria ao fato de que ambos teriam visto o enriquecimento como algo que deve ser valorizado, moralmente até.

Metáforas bobas à parte, cada uma destas exposições favorece a venda das obras que cresce para felicidade da editora e para o bem do ego do autor, pois financeiramente diante de sua fortuna estimada em cerca de 50 bilhões é praticamente irrelevante.

Fechando o pódio aparece em segundo lugar novamente Ágape de padre Marcelo Rossi e em terceiro É Tudo Tão Simples de Danuza Leão.

Veja abaixo a matéria do bilionário no Fantástico:




Mais sobre o livro:


Confira o top 10 completo da revista Veja em cada categoria:


Com informações de Veja



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)