1 de janeiro de 2012

"Millennium - Os Homens que não Amavam as Mulheres": Bilheteria Pequena Mas Constante Nos EUA


Millennium - Os Homens que não Amavam as Mulheres, inspirado na obra homônima do sueco Stieg Larsson, vem acumulando números baixos, mas não necessariamente decepcionantes nas bilheterias dos EUA, tendo em vista o apelo mais adulto da história; ao contrário do que sugeriram alguns críticos que chegaram a apontar o filme como um possível novo Harry Potter, o que nunca pareceu assim muito razoável.

A adaptação para os cinemas do livro feita nos EUA (pois a obra já possui versão cinematográfica sueca) ainda conta com o sombrio David Fincher como diretor. Ele é responsável por diversos filmes elogiados sendo o mais famoso deles o recente A Rede Social que mostra a trajetória do criador do site Facebook; outra produção inspirada em livro diga-se de passagem.

Millennium - Os Homens que não Amavam as Mulheres estreou nos EUA na quarta-feira que antecedeu o Natal somando cerca de 21 milhões de dólares até o respectivo fim de semana. Já dessa vez acumulou mais 16 milhões só de sexta a domingo, o que representa aumento em números diários, porém nada que impressione já que a maioria dos filmes também apresentou crescimento em relação ao Natal que é um feriado mais comemorado em família e longe das salas de exibição.

No total o filme já apurou mais de U$ 57 milhões na terra de Obama e companhia, mas deve precisar das bilheterias mundiais para superar seu custo de U$ 90 milhões. Aqui no Brasil a previsão de estreia é para o dia 27 de janeiro.

O livro é uma narrativa criminal que conta a história de um tio que procura o paradeiro (palavra da vovó) de sua sobrinha. Para ajudar na árdua tarefa ele procura a ajuda do jornalista Mikael Blomkvist que junto com a investigadora Lisbeth Salander vão a caça do que aconteceu com a garota.

Mais sobre Millennium - Os Homens que não Amavam as Mulheres:

Trailer de 8 Minutos do Filme "Millennium - Os Homens Que Não Amavam as Mulheres
Sinopse do Livro


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)