15 de dezembro de 2011

O Enigma do Outro Mundo (The Thing / 1982) - Cinefilia Literária


Este filme de 1982 é na verdade inspirado inteiramente em outro de 1951 chamado The Thing from Another World. Esta versão por mim vista é a do famoso e exímio diretor John Carpenter, conhecido principalmente por seus filmes de terror como Halloween (1978) para citar apenas o mais emblemático deles.

A história que baseou ambos os filmes citados acima foi escrita por John W. Campbell sob o pseudônimo de Don A. Stuart. Publicada em agosto de 1938 com o nome de "Who Goes There?" na Astounding Science Fiction, revista pioneira em se tratando de ficção científica, fundada em 1930, teve Campbell como seu editor entre fins de 1937 até a data de sua morte em 1971. À frente da revista, Campbell foi fundamental no fenômeno que ficou conhecido como “A idade de Ouro da Ficção Científica”, período em que muitas histórias clássicas foram publicadas.

O papel principal do filme é do ator Kurt Russell, gosto de imaginar Russell como um tipo de “muso” de Carpenter, são ao todo cinco filmes em que ambos trabalharam juntos, este aqui é o terceiro deles, os outros são: Elvis (1979), Fuga de Nova York (1981), Os Aventureiros do Bairro Proibido (1986) e Fuga de Los Angeles (1996).Neste Enigma do Outro Mundo, Russell é o piloto da equipe de pesquisadores composta por outros 11 homens (isso, só homens) todos isolados no continente antártico.

Início dos Spoilers...

Em meio a uma imensidão de neve, vemos um cachorro correndo, no céu um helicóptero acompanha a correria do cão, dentro um homem armado tenta sem muito sucesso abater o animal, mas por quê? O cachorro continua a correr até encontrar um tipo de base e nela alguns homens, eles saem desorientados ao ouvir sons de tiros, o primeiro impulso: se protegerem. O helicóptero pousa, o homem desce e continua a atirar e dizer palavras não compreensíveis na língua daqueles homens que foram pegos de surpresa, acidentalmente o homem armado destrói seu próprio helicóptero, acerta a perna de outro e logo após é morto pelo comandante da equipe encontrada pelo cachorro em fuga.

A tal equipe é composta de pesquisadores estadunidenses, eles estão em seu primeiro dia de inverno numa estação polar na Antártida, quando acontece a cena descrita acima. Ao que tudo indica o homem morto era Norueguês, o piloto de helicópteros R. J. MacReady (Russell) e o médico da equipe, o Dr. Copper, decidem sair em busca de pistas, eles encontram a base norueguesa e nela uma carcaça queimada com aparência humana e decidem levá-la para fazerem outras análises.

Enquanto isso, o cão fica são e salvo na base, pois nada indica que ele apresente qualquer perigo, ele circula em todos os lugares e entre todos os que vivem por ali. 

Os efeitos visuais para a época e até mesmo para nossos dias são de impressionar, da carcaça fumegante encontrada à transformação dos cachorros no canil... ahhh para quem ainda não entendeu este aqui é um filme de alienígena e daqueles dos bons, Carpenter, mestre do terror, sabe dosar o suspense necessário, o alienígena tem a peculiaridade de se transformar em qualquer ser vivo, é um mutante, o cachorro descrito acima não era mais um cão comum, por tal motivo estava sendo perseguido, durante quase todo o filme, a incerteza sobre quem foi transformado em monstro de outro mundo permanece não só para nós expectador@s, mas também entre os membros da equipe, gerando com isso desconfiança, abalando ainda mais os nervos de todos, inclusive os nossos, e isso é ótimo, pra quem gosta do estilo é claro :)

E com o passar do enredo homem após homem vai sendo abatido, como nos bons filmes do gênero (e nos maus também né?!) não vai sobrando ninguém, o monstro vai vencendo, em certo momento chegam a desconfiar até do nosso “muso”, hehehe e não vou contar o final porque assim não tem graça, assista, é um clássico e independente disso, é bom! 

P.S. Foi lançado este ano um prelúdio deste filme, também chamado “The Thing”, as críticas não são nada animadoras, esclareço que John Carpenter não tem nada a ver com este trabalho.





Ficha Técnica:

Lançamento: 1982
Direção: John Carpenter
Inspirado no conto "Who Goes There?" de John W. Campbell sob pseudônimo de Don A. Stuart
Elenco: Kurt Russell (R. J. MacReady); A. Wilford Brimley (Dr. Blair); Keith David (Childs); T. K. Carter (Nauls); David Clennon (Palmer); Richard Dysart (Dr. Copper); Charles Hallahan (Vance Norris); Peter Maloney (George Bennings); Richard Masur (Clark); Donald Moffat (Garry); Joel Polis (Fuchs) e Thomas Waites (Windows).


4 comentários:

  1. Ahahah A primeira vez que eu assisti este filme era muito guri. Eu fiquei enjoado e assustado com as cenas. Mas assisti várias e várias vezes depois. Curioso, eu não sabia que era inspirado num livro.

    ResponderExcluir
  2. Se assistiu várias e várias vezes depois é sinal de que deve ter gostado bastante, apesar de ser antigo e de pertencer a um gênero que aprecio bastante não cheguei a vê-lo quando criança, uma pena, com certeza teria causado um impacto grande e por último o filme é inspirado num conto de ficção científica...

    ResponderExcluir
  3. Quanto ao novo filme The Thing, feito neste ano de 2011 e que leva o mesmo título do antigo The Thing(No brasil foi intitulado como "O Enigma de Outro Mundo", eu posso dizer que gostei muito pois se trata de um prelúdio.
    Este novo "The Thing" é absolutamente coerente com o
    antigo filme de 1982, dirigido por John Carpenter, narrando com precisão os acontecimentos que precederam ao antigo filme. O legal é que cada detalhe do antigo "The Thing" é muito bem explicado e apresentado neste novo filme.

    ResponderExcluir
  4. Que massa Sérgio, com certeza vou procurar assistir assim que eu puder...

    ResponderExcluir

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)