1 de dezembro de 2011

"Em Alguma Parte Alguma" de Ferreira Gullar e "1822" de Laurentino Gomes Vencem Prêmio Jabuti 2011


Foram anunciados nesta quarta-feira (30/11) em São Paulo os grandes vencedores do Prêmio Jabuti 2011, selecionados entre os ganhadores de cada categoria específica escolhidos ainda no mês de outubro.

"Em Alguma Parte Alguma" do escritor Ferreira Gullar foi considerado o livro do ano entre as ficções. A obra é uma reunião de várias poesias onde o autor reflete acerca da existência. 

Em seu agradecimento Gullar se limitou a falar: "Eu só vou dizer: não sei se poesia é literatura, fora isso, a gente faz poesia porque a vida não basta". No mais reclamou do incômodo de estar atendendo a imprensa por muito tempo (o que definiu como "aporrinhação") e respondeu quando questionado que a honraria não se trata de um incentivo, até mesmo devido a sua idade avançada (80 anos).

Já entre os livros de não-ficção "1822" levou a melhor sobre os concorrentes e fez bem ao ego do autor Laurentino Gomes que além do prêmio acabou recebendo um elogio do outro vencedor da noite (Gullar) que disse ter lido o livro-reportagem e achado muito bom.

Em "1822" o escritor repete o formato que fez sucesso na obra "1808" (também de sua autoria), mas dessa vez sai a chegada da família real portuguesa ao Brasil e entra como contexto a independência do país. 

Gomes fez questão de ressaltar que seu livro é basicamente um texto jornalístico em novo formato, depois de ter agradecido pela premiação.

Informação: G1 e Estadão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)