8 de novembro de 2011

Entrevista - Van Luchiari


imagem: blog da autora
Vanessa Luchiari ficou conhecida graças aos seus textos publicados na internet que tiveram grande aceitação dos leitores de seu blog e dos seguidores em sua conta no twitter. Agora, a autora publica a coletânea Cartas à Ilusão pela editora Novitas que reúne parte de suas obras já escritas online e algumas inéditas.

Abaixo você pode ler a entrevista que fizemos com a autora onde conversamos sobre o seu livro, divulgação na internet e sua relação com a arte de forma geral.


Leia Literatura: De Onde surgiu seu apreço tão íntimo pela literatura que se estende por quase todos os textos que você escreve na internet?

Van Luchi: Meu gosto pela leitura e pela escrita começou quando eu ainda era menina. Meu pai, que sempre trabalhou com comunicação me deixou de herança esse amor pelas palavras, pela língua portuguesa. Ele sempre me incentivou a ler e escrever corretamente. Esse incentivo fez com que eu me interessasse cada vez mais pelo assunto: o universo mágico dos livros e das poesias. 

Cartas à Ilusão é um livro que reúne poesias e crônicas. Inicialmente você pensou ele como obra ou só reuniu depois que os textos estavam individualmente prontos?

Basicamente, reuni alguns textos que eu já havia escrito para o meu blog Van Filosofia (www.vanluchiari.com.br) e escrevi o resto, especificamente para o projeto do livro. Esse processo levou quase 4 anos.

Você é muita elogiada na internet. De que forma essa mídia ajudou na publicação de sua obra?

O incentivo maior veio daí. Meus leitores sempre me incentivaram, elogiaram e passaram a cobrar o lançamento do livro. Esse reconhecimento todo, além da minha escrita propriamente dita, foi o que despertou o interesse das editoras.

A aceitação da crítica e do público tem estado dentro do esperado para Cartas à Ilusão?

Melhor do que o esperado. É sabido que vender livros, ser lido, é um trabalho de formiguinha. Mas tenho tido um retorno muito bom, tanto dos leitores quanto da mídia. 

A Editora Novitas (através da qual seu livro foi publicado) tem lhe satisfeito com o trabalho realizado?

Sim. É uma editora ainda nova, mas dedicada, com editores que amam o que fazem. Dificuldades existem, claro, mas o interesse em divulgar o trabalho dos autores supera isso. 

Você escreve, aparentemente, como fruto de anseios pessoais. Mas seria possível escrever literatura de qualidade tendo em vista atender a demanda do público, segundo sua opinião?

Acredito que sim. Da mesma forma como um músico competente pode fazer um jingle muito bom para uma propaganda publicitária, um escritor competente pode escrever literatura comercial sem perder a qualidade da escrita. Dá pra fazer. 

Você acredita que o espaço para a literatura nacional tem crescido entre as editoras?

Sim. Vejo um movimento cada vez maior nessa área. São muitas editoras pequenas ou médias lançando escritores até então desconhecidos. Se os trabalhos são de qualidade ou não, já é outro capítulo. Fato é que lançar um livro está cada vez mais fácil e acessível. 

O seu envolvimento com a arte vai além da literatura. Como isso influência em sua escrita?

Minhas artes, todas as formas de arte que faço só fazem acrescentar e enriquecer meu trabalho como escritora. Essa curiosidade, essa inquietação que vive dentro de cada artista é o que faz com que busquemos ser cada vez melhores. Isso está dentro de mim, feito a areia dentro da concha, sabe? O incômodo. Sem ele, não se faz pérolas. A arte funciona assim. Cutuca. Incomoda. E por isso, há uma busca incessante por meios de expressão. A arte ensina e amplia as possibilidades, abre os horizontes. Os olhos dos artistas vêem além. Não há limites para a imaginação e para a experimentação. Isso só pode ser bom. (Espero!)

Nossa pergunta temática: Por que Ler Literatura?

Sem literatura e arte, por que Ser? Não há sanidade num mundo sem arte e sem livros. A arte é o que salva o mundo. 

Muito obrigado por ter aceito nosso convite Van Luchi. Para concluir fale um pouco mais sobre os seus próximos projetos.

Novos projetos? Não parar. Que venham outros livros, outras músicas. Que venha a arte.

2 comentários:

  1. Obrigada pelo carinho, pessoal do Leia Literatura. ;)
    Beijucas

    ResponderExcluir
  2. Nós que agradecemos Van Luchi. Grande Abraço.

    ResponderExcluir

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)