4 de outubro de 2011

The Flash 1 (Os Novos 52) - Crítica / Resenha


O Flash foi um dos primeiros heróis da DC e a exemplo dos outros personagens da editora recebeu várias mudanças e reformulações, agora sua história cai nas mãos de Francis Manapul que no novo início... Simplesmente começa.

A primeira história da nova abordagem do homem mais rápido do mundo não é mais que uma narrativa de linha qualquer, sem muita relevância ela quase não pode ser julgada em termos de méritos de qualidade pois é basicamente um prólogo, pode-se criticar o fato de que o roteiro não empolga tanto, mas também não chega a assustar, fora isso fica a impressão de que a história "para valer" ainda está para iniciar.

A primeira edição pós-reformulação do Flash realmente não impressiona em nada no rudimento de história de Manapul, mas os desenhos do  mesmo são dignos de nota; com um traço firme e muito bonito é difícil não se impressionar com as cenas onde o herói entre em ação.

Como sabemos Flash é um herói que exige de quem o desenha, pois mesmo numa história onde não estão presentes muitos elementos de movimento quase sempre há a dificuldade em transmitir com competência a sensação de velocidade e nesse aspecto Manapul é praticamente irretocável.

Das edições da reformulação que eu li até o momento o cuidado da arte em Flash 1 foi uma das que mais me impressionou, é cuidadosa em todas as páginas sem exceção, mesmo as menos grandiloquentes em termos de ação impressionam. A colorização de Brian Brucellato também é um claro ponto positivo; traz cores leves e brilhantes que fornecem uma identidade visual própria à revista, essa sim muito coerente com a atmosfera de um recriação verdadeiramente heroica.

É pena que a história de Flash 1 não acompanhe a arte muito bem resolvida, mas a revista merece uma confiança nas edições seguintes, pois pode ter o que contar, ainda que esta primeira edição justamente não faça isso.


2 de 5 (Fraco /  Regular)






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)