23 de setembro de 2011

Justiça de SP Nega Pedido Para Recolher Livros do MEC com "Erros" de Português


Depois de ter criado muita polêmica por trazer frases como "os menino pega o peixe" como corretas em determinadas circunstâncias o livro Por Um Vida Melhor distribuído pelo MEC acabou não sendo recolhido por decisão da Justiça de São Paulo. O juiz Wilson Zauhy Filho ponderou que as acusações são no mínimo controversas e que possíveis prejuízos a educação dos alunos não seriam reduzidos caso a obra fosse recolhida no final do ano letivo escolar.

A decisão tomada pela Justiça de São Paulo veio na esteira de parecer semelhante do Ministério Público anunciado em julho que arquivou processo civil argumentando que a adequação e a reflexão promovida pelo livro estavam condizentes com a faixa etária e coerentes dentro do contexto estabelecido.

Na verdade a maior parte dos problemas envolvendo a publicação pedagógica acabaram sendo fruto da abordagem sensacionalista da imprensa, pois a proposição de uma linguagem adequada a um contexto estabelecido é amplamente conhecida (e aceita) pelos estudiosos da língua.

Veja outras matérias que já publicamos sobre a obra do MEC:




3 comentários:

  1. Ewerton, que tu achas? Concordas com a postura da imprensa?

    ResponderExcluir
  2. O último parágrafo já transmite um pouco da minha opinião, mas como nós até discutimos a postura da imprensa foi de puro sensacionalismo e a polêmica algo fabricado, pois sabemos bem que expor a adequação da linguagem ao contexto é razoável e por isso amplamente aceito pelos linguísticas dignos de nota.

    ResponderExcluir

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)