19 de setembro de 2011

Biografia Revela Modista Coco Chanel Como Agente Nazista


Recentemente foi publicado pela Companhia das Letras a biografia Dormindo com O Inimigo: A Guerra Secreta de Coco Chanel escrita pelo jornalista estadunidense Hal Vaughan, nela está a polêmica afirmação de que a famosa estilista francesa Coco Chanel seria uma agente do partido nazista.

Vaughan pesquisou a vida da atriz por cerca de 3 anos e fez questão de esclarecer que Chanel não seria espiã; como agente ela teria como principal tarefa ser observadora e colaboradora do regime. O mais complicado é que, segundo o autor, a modista não apenas seria uma apoiadora do governo nazista como também uma mulher notadamente antissemita, homofóbica e "alpinista social".


Mesmo com todas as acusações severas o biógrafo se declara como alguém fascinado pela estilista não a admirando em razão de sua cumplicidade com os crimes de guerra mas a considerando uma pessoa extraordinária.

Informação: Globo e Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)