14 de junho de 2011

Escritor Terry Pratchett Cogita Cometer Suicídio Assistido


O escritor britânico Terry Pratchett recebeu os papéis da clínica suiça Dignitas que consentiu em ajudá-lo a promover seu suicídio. Prachett, que tem 63 anos, foi diagnosticado como portador do Mal de Alzheimer em 2007, hoje ele pensa quando, e se, vai assinar os formulários que o levarão a morte.

O autor participa de um documentário produzido pela BBC, que ao que tudo indica foi transmitido neste dia 13, onde debate o tema usando o seu caso como exemplo e do empresário Peter Smedley que já fez o procedimento e morreu nos braços da sua esposa após ter consumido um  coquetel de drogas. Essa foi a primeira vez que um suicídio assistido foi televisionado.

Pratchett, que se inspirou no caso de Smedley para tomar sua decisão, foi o autor britânico que mais vendeu livros nos anos 90, destaque para a série "DiscWorld", alcançando mais de 65 milhões de exemplares comercializados além de ter sido traduzido para 37 idiomas.

Informação e foto: IG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)