9 de abril de 2011

Diário de Anne Frank - "Crítica"


Autenticidade, sinceridade e competência ímpar numa descrição de um dos mais terríveis (e 
importantes) momentos da história da humanidade; o holocausto e todas as demais implicações do desumano regime nazista que assombrou a Europa em meados do século XX. Essa é uma forma rápida e simplificada de demonstrar a importância do diário escrito por Anne frank, garota judia que  enfrentou os horrores da segunda guerra.

Quando Annelisse Maria Frank escrevia regularmente em seu diário e relatava todas as dificuldades enfrentadas por ela e por seus familiares enquanto se escondiam das investidas da Alemanha nazista, provavelmente jamais imaginava que sua obra ganharia tal importância, o relato de uma autora que apesar de jovem (faleceu aos 15 anos em um campo de concentração) era bastante culta para a idade, demonstra de uma maneira desconcertantemente autêntica a realidade de um período de tamanha desgraça como aquele.

Como sabemos diários são despidos de heroísmos ou dramas que tentam fazer parecer serem mais importantes do que são em verdade, afinal tratam-se de expressão íntima, e é exatamente isso que constata-se na obra; a autenticidade de uma menina que vê sua vida abalada de maneira absurda mas que nem por isso perde as características e preocupações referentes a sua idade,  muito embora elas sejam moldadas pelo contexto.

Assim a obra mescla dois carateres de maneira assaz competente: o histórico enquanto denotativa e descritiva dos acontecimentos e da vida dos judeus, sobretudo ao se esconderem de seus captores; e literária ao demonstrar a visão pessoal, e por consequência sentimental, de uma garota bastante familiarizada com a escrita.

Para mim, ler o Diário de Anne Frank é praticamente essencial, dificilmente algo consegue ser tão importante, real e, de lambuja, bem escrito como esta obra, recomendação mais do que óbvia de uma literatura mais do que digna de consagração em decorrência de suas circunstâncias.

Ewerton Gonçalves

(4 de 5 - Muito Bom)


5 comentários:

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)