14 de março de 2011

Autora Descreve Relação Com Pedófilo em Livro Polêmico.



Margaux Fragoso relata com riqueza de detalhes a relação entre ela e o pedófilo Peter Curran (nome fictício) iniciada quando ela tinha apenas 7 anos e ele 51 no livro "Tiger, Tiger", a obra mal chegou as livrarias estadunidenses e já está gerando polêmica devido as opiniões opostas emitidas pelos críticos.

Alguns consideram que a crueza e a abordagem direta pela qual a autora se expressa demonstram a realidade pura como deve ser vista e auxilia na identificação de possíveis criminosos que cometem esse tipo absurdo de transgressão. Outros críticos porém são relutantes, afirmam que pode haver na obra até certa apologia ao crime, ao expressar grande riqueza de detalhes a autora estaria descrevendo algo que pode ser considerado como pornografia infantil.

Certo é que foi preciso coragem para expor fato como estes em literatura, ainda que o responsável pelo abuso tenha supostamente se suicidado a alguns anos.

Abaixo segue um trecho da obra traduzido pelo portal do Estadão (também fonte da informação) que resume bem alguns dos acontecimentos expostos no livro que normalmente são ignorados quando pensamos em crimes desumanos como a pedofilia.


"Passar tempo com um pedófilo é como estar drogado. É como se eles (pedófilos) fossem crianças também, mas com um conhecimento que as crianças não têm. Eles conseguem fazer o mundo de uma criança... incrível, de alguma forma. E, quando isso acaba, é como parar de usar heroína e, por anos, elas (as crianças) não conseguem parar de perseguir o fantasma dessa sensação."

Ewerton Gonçalves


5 comentários:

Comente e Dê sua Opinião Sobre O Tema.

Lembrando que qualquer opinião com boa educação é muito bem-vinda, mas ofensas são excluídas.

(obrigado pela visita, volte quando puder)