13 de agosto de 2016

O Quinze (Rachel de Queiroz) - Resenha


Bom livro vem a ser "O Quinze".

Nas descrições das paisagens. Também nas das personagens. E destas suas histórias particulares bem entrelaçadas durante todo romance. Daquelas as metáforas criativas para descrevê-las.

9 de junho de 2015

Linguagem e Tradição - Coluna Insolência Quinzenal



Nosso mundo contemporâneo de transformações está repleto. Sem dúvida, comparado com os antigos mundos que lhe são ancestrais, as coisas da permanência são menos enquanto que da mudança são mais. Talvez industrialização. Ou filosofia moderna. Rede mundial de computadores. Talvez ainda nossas ideias politicamente revolucionárias desconhecidas de quem antes de nós viveu (Bem... Ainda vive: contudo mal). Melhor: as quatro juntas e misturadas em orgia das autênticas... Que tal?

4 de maio de 2015

Os Livros Mais Vendidos da Semana - 06 de Maio de 2015


Voltamos depois de um longo e quase interminável hiato para mais um comentário sobre os livros mais vendidos da semana. Dessa vez tentarei não sumir novamente por tanto tempo mantendo a maior regularidade possível.

Mas, deixando as sempre complicadas promessas de lado, vamos aos campeões de venda. As informações, como sempre, são da revista Veja.

3 de maio de 2015

Registro Suficiente - Coluna Insolência Quinzenal






Certamente que muita gente não me verá com bons olhos por isto dito cá. Contudo já disse. Respeito, sem qualquer sombra de dúvida, minha religião. Ela me dá, consequentemente, liberdade para bem exercer o raciocínio sobre seus assuntos. Até dogmáticos!

26 de abril de 2015

Entre Melhor e Pior - Coluna Insolência Quinzenal

(Ambão da Igreja Matriz de São Roque - SP)
Livros são em alto número. Também por demais diversos. Entre tantos escolhemos piores e melhores. E tais escolhas estão desde nas meras preferências pessoais até nos pareceres abalizados de quem os estuda com seriedade.

19 de março de 2015

A Culpa é das Estrelas (2014) - Papel e Película (Coluna)


Não gosto de modinhas. Muitas vezes me recuso a ler o que todo mundo está lendo, a ver o que todos estão vendo, a escutar o som do momento. Mas às vezes sou obrigada a dar o braço a torcer. Com “A Culpa é das Estrelas”, maior fenômeno literário dos últimos anos, tive uma agradável surpresa. Não virei fangirl louca e obcecada, não me acabei de chorar, mas gostei. Não é o melhor filme do mundo, mas se sustenta com boas escolhas no elenco e, claro, uma escrita envolvente.

4 de fevereiro de 2015

Philomena (2013) - Papel e Película (Coluna)



Baseado em uma história real: quatro palavrinhas capazes de fazer qualquer cinéfilo ou leitor tremer na base e atingir seu ponto máximo de vulnerabilidade. Porque o que até então parecia uma ficção despretensiosa adquire novas dimensões quando você fica sabendo que toda aquela trama aconteceu, talvez com algumas modificações, com uma pessoa real.